Enquanto a obra da ponte de concreto e aço está parada, moradores são obrigados a passar por uma de madeira

Jacutinga terá a 'festa dos sem-ponte'

Produtores e moradores do bairro rural Jacutinga, entre Araçatuba e Guararapes, planejam para os próximos dias uma "festa de aniversário" para lembrar dos dois anos em que a ponte sobre o córrego da Divisa, entre os dois municípios, foi destruída por conta das chuvas e demolida pela Prefeitura de Araçatuba para abrigar uma nova, de concreto e aço, que até hoje não foi concluída.

De acordo com o produtor rural Manoel Gaspar Nunes, a "festa", como forma de protesto, está sendo planejada, com bolo, salgadinho e refrigerante, mas a data ainda não foi definida. "Deve ser entre o fim de novembro e meados de dezembro", afirma.

Por conta da destruição, os moradores e produtores rurais do bairro foram obrigados a construir em apenas um dia uma ponte de madeira, sustentada por troncos de eucalipto. Contudo, a ponte não suporta grandes veículos, como ônibus e caminhões, mas apenas micro-ônibus, automóveis e caminhonetes.