Residência ficou muito danificada; havia dois botijões de gás no local

Idosa queimada em explosão de gás em Araçatuba morre em hospital

Vítima tinha 80 anos e ficou com 80% do corpo queimado

A dona de casa Antônia de Morais, 80 anos, que teve 80% do corpo queimado na explosão provocada por vazamento de gás na casa dela, no residencial Águas Claras, em Araçatuba, no último dia 31, morreu na manhã desta terça-feira (6). Ela estava internada na Santa Casa de Araçatuba desde aquela manhã, em estado gravíssimo.

 
O boletim de ocorrência comunicando a morte foi registrado por uma filha da vítima. Após passar por exame necroscópico no IML (Instituto Médico Legal), o corpo foi liberado aos familiares para velório. O enterro está previsto para as 17h desta quarta-feira (7), no cemitério Jardim da Luz.

QUEIMADURAS 
A explosão aconteceu pouco antes das 10h daquela manhã, quando estavam na residência a dona de casa, o companheiro dela, um ajudante de pedreiro de 57, e o filho do casal, um cadeirante de 39 anos. Os três tiveram queimaduras de 2.º e 3.º graus e Antônia era a única que permanecia na Santa Casa local.
 
As outras duas vítimas foram transferidas para hospitais especializados em tratamento de queimados. O ajudante de pedreiro está em tratamento em Marília e o filho do casal em Catanduva.

RESGATE 
As vítimas foram socorridas por equipes de resgate e o que sobrou das roupas da idosa foi deixado em frente à residência. O forro e o telhado da casa ficaram bastante danificados, mas o imóvel não precisou ser interditado pela Defesa Civil.
 
Na casa havia dois botijões de gás que não explodiram. A suspeita é de que um deles estivesse vazando e algo tenha provocado a explosão do gás que ficou concentrado no ambiente.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.387924