Policiais militares e peritos na frente da residência onde ocorreu a explosão, no Águas Claras

Explosão por vazamento de gás: Mulher permanece em estado grave

Na tarde desta quinta-feira (1º), seguia internada, em estado grave, na Santa Casa de Araçatuba, a dona de casa de 80 anos que teve praticamente 80% do corpo queimado em uma explosão provocada por vazamento de gás na casa dela, no residencial Águas Claras, em Araçatuba, na manhã de quarta-feira (31).
 
O marido da vítima, um ajudante de pedreiro de 57 anos, e o filho do casal, um cadeirante de 39 anos, também ficaram gravemente feridos e foram transferidos para hospitais especializados em tratamento de queimaduras. O pai foi levado para a Santa Casa de Marília, enquanto o filho está internado no Hospital Padre Albino, em Catanduva.
 
Segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba, o estado da paciente, que está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), é considerado grave.

RESGATE 
Os três tiveram queimaduras de 2.º e 3.º graus e foram socorridos por equipes de resgate. O acidente aconteceu pouco antes das 10h e, segundo o Corpo de Bombeiros, havia dois botijões de gás dentro da casa. Eles não explodiram. A suspeita é de que um deles estivesse vazando e algo provocou a explosão do gás concentrado no interior da residência.
 
A Defesa Civil não constatou abalos graves na estrutura do imóvel, que teve praticamente todo o telhado danificado.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.387102