Com acusado, foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições e outras seis munições intactas

Ex-vice-prefeito é preso com arma e cheques em branco

Flagrante aconteceu durante madrugada

Equipe do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de Araçatuba prendeu em flagrante, nesta sexta-feira (19), por posse irregular de arma de fogo, o ex-vice-prefeito de Gabriel Monteiro Sílvio Nobuhiro Takahashi (1997-200), de 49 anos. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições e outras seis munições intactas.
 
A prisão aconteceu durante a madrugada, em Gabriel Monteiro (a 46 km de Araçatuba), em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. Segundo a polícia, havia denúncias de que o acusado teria arma de fogo em casa.
 
Durante a vistoria na residência, no centro da cidade, os investigadores encontraram a arma com as munições na porta de uma caminhonete, que estava estacionada na garagem do imóvel.

CARTEIRA
Na carteira de Takahashi havia três folhas de cheques assinadas em branco, todas da agência do Banco do Brasil de Sorocaba. Questionado, o ex-vice-prefeito não apresentou documentos referentes à arma, que alegou ter ganhado de uma pessoa falecida.
 
Com relação aos cheques, ele disse que pertencem a um padrinho de casamento, porém, não soube dizer por que estavam assinados em branco.
 
Também foram realizadas buscas em um sítio do ex-político e apreendida uma pistola de pressão. Levado ao plantão policial, o acusado foi preso em flagrante e ficou à disposição da Justiça. Na audiência de custódia, pagou R$ 3 mil e foi liberado para responder inquérito em libertade.
 
Em 2002, ele foi preso, acusado de ter participado do sequestro de um empresário, fornecendo informações pessoais e sobre o patrimônio da vítima.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.384936