Apesar do flagrante, desempregada negou envolvimento com o tráfico

Dise prende mulher com drogas e munições em Araçatuba

Acusada já tinha sido detida um mês antes

Uma desempregada de 28 anos, moradora no residencial Atlântico, em Araçatuba, foi presa, no final da tarde de quarta-feira (7), por policiais da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), que encontraram drogas e munições na casa dela. A acusada já tinha sido detida um mês antes junto com o companheiro. Na ocasião, ele foi preso por tráfico e ela liberada.

Os investigadores foram até a residência da acusada em cumprimento a mandado de busca e apreensão judicial, pois havia denúncia de que ela estava comercializando entorpecentes. Ela foi detida em 4 de janeiro por tráfico de drogas, junto com o companheiro, mas foi liberada.

Entretanto, informações anônimas apontaram que a acusada continuava comercializando entorpecentes. Quando os policiais chegaram na casa dela, a encontraram em frente à residência. Ela negou haver algo ilícito no imóvel, mas durante as buscas foram encontradas 14 porções de crack escondidas dentro de um filtro de água inutilizado.

RACK
Em um rack, na sala, havia vários pedaços de plástico cortados semelhantes aos que embalavam o entorpecente apreendido. Além disso, no quintal da casa foi encontrado um saco com dezenas de tubos plásticos para embalar entorpecentes e, na gaveta de uma cômoda, dez munições calibre 38, intactas.

A desempregada negou saber da existência da munição e das drogas e não soube informar a origem de R$ 230 em dinheiro que estavam no bolso de uma calça. O dinheiro, de acordo com ela, era para enviar uma correspondência para o companheiro, que está preso no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Riolândia (SP).

Levada ao plantão policial, a acusada foi presa em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de munição. Após ser ouvida, ela ficou à disposição da Justiça.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.388261