Atraso nos horários e as mudanças dos pontos foram o que mais incomodaram o prefeito

Dilador pega coletivo às 6h e acompanha rotina de usuários

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), acompanhou, nesta quinta-feira (16), a rotina de usuários da TUA (Transportes Urbanos Araçatuba). Segundo sua assessoria, antes das 6h ele já estava na periferia para ouvir a população e fez o trajeto do bairro Água Branca até o terminal central em um dos coletivos da concessionária.

A ação, informa ainda a Prefeitura, foi desencadeada devido a constantes reclamações dos moradores do Água Branca com relação ao atraso nos horários, à falta de pontos cobertos, lotação, às freadas bruscas realizadas pelos motoristas, além de eventuais problemas de ônibus quebrarem durante o trajeto.

Dilador foi à casa da moradora Maria de Fátima de Sousa, que reclamou do serviço oferecido pela TUA. Ele também acompanhou sua rotina diária. A visita foi surpresa, garante a Prefeitura. "O prefeito solicitou, na terça-feira (14), que sua assessoria entrasse em contato com Fátima, como se fosse apenas ouvir as reclamações e pediu para pegar seu endereço", informa em nota.

COPEIRA
A rotina da copeira começa às 6h, quando sai de casa para pegar o coletivo e ir ao trabalho, no bairro Nova Iorque. "Meu trabalho fica do outro lado da cidade. Antes o ônibus parava no ponto que fica a uma rua de casa, mas agora para três ruas acima. Ainda está escuro e o risco de assalto é constante, sem contar os atrasos, o que me faz chegar atrasada quase sempre no serviço. Precisa melhorar esse serviço", disse ela ao prefeito.

Dilador, ao chegar no ponto de ônibus, verificou o atraso no roteiro. Ao entrar no coletivo, ouvi outros usuários reclamarem das dificuldades enfrentadas. Rivani Souza, por exemplo estava com uma bebê no colo e afirmou que não consegue vaga para a filha em creches próximas à sua casa. "Tenho que deixá-la em outro bairro e depois ir trabalhar. Quando o ônibus atrasa, meu dia fica perdido. Essas são duas coisas que precisam melhorar rapidamente."

EXPLICOU
Dilador explicou aos passageiros que precisava conferir de perto os problemas vividos por eles. "Vejo que a questão da segurança não pode ser desconsiderada. Câmeras nos ônibus ajudam a inibir ações dos bandidos; os pontos cobertos são necessários. Também precisamos modernizar, com o uso de aplicativos para celular, que possibilitem ver a localização dos ônibus", avaliou.

O atraso nos horários e as mudanças constantes dos pontos foram as reclamações que mais incomodaram o prefeito. "A TUA precisa evitar esses problemas, pois o atraso acarreta em prejuízo ao seu usuário. Essa melhoria pode e tem que ser feita já."

Ainda segundo sua assessoria, Dilador disse que viu no olhar das pessoas "o cansaço e a desesperança". "O araçatubense está desgastado, cansado de acreditar que algo vai mudar, pois nunca vê mudança. Fiz questão de acompanhar a rotina deles, porque em breve vamos fazer o processo de licitação e precisamos colocar regras que beneficiem o usuário. Quero muito mudar esta realidade vivida por eles e dar qualidade de vida aos usuários do transporte público", afirmou. (Com informações da Prefeitura)