Prefeito não quer servidores usando Facebook nem em celular com internet própria durante trabalho

Dilador manda bloquear redes sociais dentro da Prefeitura

O prefeito Dilador Borges (PSDB) aproveitou uma reunião com os secretários municipais, no início da noite da última sexta-feira (3), para fazer um alerta veemente sobre o uso das redes sociais.

A fala dele foi motivada pelo caso do diretor do departamento jurídico, Celso D’Alkmin, que foi demitido naquele dia por ter usado Facebook para fins pessoais no horário de expediente e comemorou a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

 Leia também:
Dilador demite diretor que comemorou morte de Marisa 


"Vocês não são mais donos de suas vidas. E pau que dá em Chico, também dá em Francisco. Se acontecer de novo, não quero saber quem é. O desfecho vai ser o mesmo", disse o tucano aos titulares de pastas.

Ainda sobre o uso de redes sociais na Prefeitura, no horário de expediente, Dilador mandou baixar uma norma: todos os computadores da Prefeitura e das secretarias serão bloqueados. "Não quero que usem nem o celular com internet própria. Se for flagrado, em horário de serviço, vou mandar abrir um procedimento interno." (Ronaldo Ruiz Galdino)