Desempregado é preso por embriaguez após fugir da polícia

Disse que estava em bar

A Polícia Militar Rodoviária prendeu em flagrante por embriaguez ao volante em Araçatuba, na madrugada desta sexta-feira (20), um desempregado de 28 anos, que fugiu de abordagem na rodovia Senador Teotônio Vilela. Ele admitiu que havia ingerido bebida alcoólica e disse que pegou o carro de um conhecido, sem informá-lo.

O homem foi detido por volta das 2h, na rua Baguaçu. Equipe em patrulhamento na rodovia Marechal Rondon (SP-300) foi comunicada que um veículo estaria trafegando em zigue-zague pela estrada também conhecida como Guatambu, que liga Birigui a Araçatuba. Segundo a denúncia o carro estaria sentido Araçatuba, com os farois apagados e o condutor estaria aparentemente embriagado.

Os policiais seguiram para essa rodovia e cruzaram com um VW Gol trafegando em zigue-zague, inclusive saindo para o acostamento. Eles fizeram o retorno sobre a pista e passaram a acompanhar o suspeito, que ao perceber a presença da viatura, acelerou.

O fato foi comunicado via rádio ao patrulhamento de área e uma equipe da Força Tática auxiliou na abordagem, que foi feita na rua Baguaçu, em frente ao campus da Unip. Segundo a polícia, o desempregado desceu do veículo cambaleante e bastante alterado, por isso, teve que ser algemado.

Ele tinha odor de álcool e disse que havia saído de um bar, onde pegou o carro de um amigo, sem avisá-lo. O acusado concordou em fazer o teste do bafômetro, que apontou 0,63 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. O limite para a prisão em flagrante é 0,33 miligramas, por isso, ele foi levado para o plantão policial e o carro apreendido.

O delegado plantonista arbitrou fiança de R$ 1 mil para que respondesse pelo crime em liberdade. Como o dinheiro não foi apresentado, o acusado ficou à disposição da Justiça.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.400566