Julioti chegou a ser cotado para permanecer comandando a Saúde, mas terá cargo comissionado

De 91 cargos de confiança exonerados, Dilador já nomeou 59

Dos 91 cargos comissionados vagos na Prefeitura de Araçatuba, após o prefeito Dilador Borges (PSDB) exonerar todos os apadrinhados políticos do ex-prefeito Cido Sério (PT), o tucano já nomeou para essas funções pelo menos 59 pessoas.

Entre eles, o ex-secretário de Saúde do petista Wilson Julioti, que chegou a ser cotado nos bastidores políticos para permanecer no cargo, vai ocupar o posto comissionado de chefe de gabinete da Secretaria de Saúde.

Outro parente de aliado político de Dilador foi nomeado para cargo comissionado na Prefeitura: o irmão do ex-vereador Rosaldo de Oliveira (PRB), Aldo de Oliveira Ribeiro, que vai ocupar o cargo de ouvidor do sistema local de saúde. Foi nomeado para um posto comissionado ainda o ex-presidente do PPL em Araçatuba Alexandre Cândido Alves. O partido dele apoiou a candidatura do tucano, mas sua comissão provisória foi destituída em novembro do ano passado. (Ronaldo Ruiz Galdino)