Casal é preso acusado de extorquir dona de salão

Um pintor de 26 anos e uma desempregada de 41, moradores no bairro Sumaré, em Araçatuba, foram presos na tarde de terça-feira (12), acusados de extorquirem uma cabeleireira de 46 anos, que possui um salão no mesmo bairro. Os dois têm passagens anteriores pela polícia.
 
Segundo o boletim de ocorrência, em 6 de setembro a desempregada esteve no salão da vítima, que fez a sobrancelha da acusada e cobrou R$ 10 pelo serviço. A acusada foi embora, dizendo estar satisfeita com o serviço, mas dois dias depois retornou, alegando que o trabalho não foi benfeito e pediu R$ 180 para consertá-lo com outro profissional.
 
Para evitar problemas, a cabeleireira concordou em dar o dinheiro, porém, passados mais dois dias a desempregada a procurou novamente e pediu mais R$ 250. Como a vítima não aceitou dar mais dinheiro, a acusada, que estava acompanhada do pintor, a ameaçou. Sentindo-se pressionada, a cabeleireira cedeu às ameaças e novamente deu o montante exigido.
 
Porém, na terça-feira a dupla esteve novamente no salão e pediu mais R$ 150, o que levou a vítima a acionar a polícia. Consta no boletim de ocorrência que os dois acusados estão desempregados e ficou claro para a polícia que eles estavam extorquindo a cabeleireira para obter dinheiro para o próprio sustento.

ORÇAMENTO 
Com a dupla, a polícia apreendeu um orçamento de outro salão de beleza no valor de R$ 400 para fazer a sobrancelha definitiva, o qual foi rasurado e alterado para R$ 750. O casal foi preso em flagrante e seria apresentado no Fórum nesta quarta-feira (13) para audiência de custódia.
 
Até o final da tarde, a reportagem não conseguiu confirmar se a prisão foi relaxada ou convertida em preventiva e os acusados aguardarão julgamento presos.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.361711

Curta nossa fanpage e receba notícias pelo Facebook