Cai em 43,4% o número de bolsas em instituições de ensino superior em Araçatuba

O período de inscrições para quem deseja ingressar em instituições privadas de ensino superior por meio do Prouni (Programa Universidade para Todos) termina nesta sexta-feira (9). Dois centros universitários de Araçatuba oferecerão juntos 117 bolsas para candidatos este ano. O número é 43,4% inferior às 207 vagas disponíveis em 2017.

Pode fazer parte do programa quem cursou o ensino médio em rede pública, ex-alunos de escola privada como bolsista integral, pessoas com deficiência e professores da rede pública de ensino. O candidato precisa ainda ter alcançado pelo menos 450 pontos na média do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2017. Também é necessário não ter zerado a redação. 

Além disso, o interessado deverá comprovar renda familiar mensal — que no caso das bolsas integrais deve ser de até um salário mínimo e meio por pessoa (até R$ 1.431,00).

INSCRIÇÃO
Quem se inscrever e for aprovado poderá concorrer às 58 vagas integrais disponibilizadas para o primeiro semestre deste ano pelo Unitoledo (Centro Universitário Toledo) de Araçatuba. As bolsas são para todos os cursos, exceto educação física (licenciatura), análise de sistema, engenharia elétrica e nutrição. 

No ano passado, bolsistas preencheram 107 vagas da instituição. De acordo com o centro universitário, os critério do MEC (Ministério da Educação) para concessão de bolsas do Prouni e do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) são muito subjetivos. 

“Não fica claro para as instituições de ensino os motivos que levam a diminuição das ofertas das vagas, mas os cortes recorrentes que são feito no orçamento por parte da União na área da educação impactam diretamente nesses programas e, consequentemente, no número de vagas ofertadas para as instituições de ensino”, informou.

Já no Unisalesiano (Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium) serão 59 bolsas integrais do programa em 2018, contra 100 vagas do ano anterior. A reportagem também tentou contato com a Unip (Universidade Paulista) de Araçatuba para consultar quais os números de vagas disponíveis nos dois anos, porém não obteve resposta até a conclusão da matéria. 

MEC
O ministério informa que o quantitativo de bolsas é baseado nos critérios da Lei do Prouni e não é uma decisão unilateral da pasta. “A instituição informa no sistema a quantidade de estudantes pagantes e o sistema do Prouni calcula a quantidade de bolsas obrigatórias. A instituição também pode ofertar bolsas extras, limitado à capacidade de cada curso, também conforme a Lei do Prouni”, informou o MEC. 

A pasta também afirmou que o ministério não destina orçamento para o Prouni, uma vez se tratar de uma política onde as instituições, que são donas das vagas, fazem um processo de renúncia fiscal na Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda. Para saber detalhes sobre as renúncias fiscais é preciso entrar em contato com eles. 

A pasta destaca que o número de vagas oferecidas no Brasil nesta edição é o maior da história do programa, totalizando 242.987. As inscrições para o Prouni devem ser feitas no site: http://siteprouni.mec.gov.br/. O resultado da primeira chamada está previsto para 14 de fevereiro. A segunda chamada deve ser divulgada em 2 de março.

LINK CURTO: http://folha.fr/1.388495