Asfalto foi cedendo e valas foram se abrindo; hoje todas estão um conjunto só e acumulando terra e lama

Buraco em rua do João Batista Botelho está aberto há 4 meses

No começo, a vala era pequena

Um dos buracos da rua Dra. Cléa F. Sacramento, na altura do número 183, Conj. Hab. João Batista Botelho, em Araçatuba, está aberto há quatro meses, conta a designer de sobrancelha Jéssica Evangelista, 26 anos. De acordo com ela, no começo, a vala era pequena. Com o tempo, devido ao intenso fluxo de veículos de carga e ao volume de água das chuvas, outros buracos próximos a esse abriram, e se tornaram uma só cratera.

"A rua tem vários buracos, e sempre foi assim. Com esse período de chuvas fortes que tivemos, ele foi ficando mais fundo. Hoje, o buraco já atingiu a terra, e está acumulando água. Sempre ouço o barulho da colisão dos veículos com o buraco. E a rua fica cheia de barro", relata Jéssica. 

A designer de sobrancelha diz que, para tentar resolver o problema, os moradores estão colocando cimento para tapar as crateras. Entretanto, com o tempo, a massa colocada vai esfarelando e espalhando pedras pelo espaço. No período em que a reportagem esteve no local, um outro buraco próximo à vala tinha acabado de ser tapado com cimento por um morador da rua. 

OUTRO LADO
A assessoria de imprensa da Prefeitura informa, em nota, que a Sosp (Secretaria de Obras e Serviços Públicos) enviará uma equipe até o local para averiguar a situação e tomar as providências cabíveis para a resolução do problema. 

LINK CURTO: http://folha.fr/1.378211