Até agora foram instalados aproximadamente 2.800 metros de novas redes, segundo Samar

Avenida Saudade será parcialmente interditada para obras

A avenida Saudade, no trecho entre as ruas Urbano Crevelin e Marcos Toquetão, após a rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Araçatuba, será parcialmente interditada a partir desta segunda-feira (14) pela Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba), para continuidade à obra de setorização da distribuição de água. A estimativa é de que o trabalho será concluído até o dia 21. A intervenção será para construção de aproximadamente 580 metros de novas redes de tubos, mas não há previsão de desabastecimento.

A obra de setorização da distribuição de água em Araçatuba teve início em abril e deve ser concluída apenas em 2020. O investimento previsto é de R$ 20 milhões para instalação de 40 quilômetros de novas redes de água e instalação de registros de manobra. Ao todo, serão criados 42 microssetores de abastecimento para permitir uma gestão mais eficiente da distribuição de água tratada e reduzir as perdas.

ANDAMENTO
Segundo a Samar, até agora foram instalados aproximadamente 2.800 metros de novas redes, o que corresponde a 25% do total da rede a ser instalada neste ano. "Por enquanto, só está havendo instalação, e as interligações devem começar no mês de agosto", informa nota da assessoria de imprensa.

O trabalho será feito em três etapas. A primeira, no bairro Jussara, deve demandar R$ 5 milhões em investimentos; a segunda inclui as áreas dos reservatórios Nova Iorque, Bom Tempo, João Pessoa, Tiradentes e Ibirapuera (49 bairros); a terceira é a do reservatório Ipanema (47 bairros). Somente ao término de cada trecho é que a nova tubulação será interligada às redes antigas, também sem interferência no abastecimento.

SEM DANOS
O trabalho é executado por uma máquina de fabricação chinesa de empresa contratada pela Samar. Ela permite que boa parte da tubulação seja instalada utilizando o MDN (Método Não Destrutivo).

Isso porque é aberto um poço de visita no ponto onde o equipamento é instalado e uma perfuração subterrânea o liga a outro poço de visita a 120 metros de distância, onde é feita a interligação dos tubos. Assim, é preciso recuperar o asfalto apenas nos locais onde são executados os poços de visita.

 

LINK CURTO: http://folha.fr/1.404156