Andorfato ao lado da Araçás; ex-prefeito não permitiu a destruição de prédios históricos

Avenida dos Araçás já era idealizada 30 anos antes, afirma Andorfato

O ex-prefeito Domingos Andorfato (1993-96) disse que a construção da avenida dos Araçás, apontada como o principal feito de sua gestão, não é mérito só dele. Ele explicou que a obra, intimamente ligada à retirada dos trilhos da área urbana de Araçatuba, começou a ser pensada 30 anos antes do início de seu governo e contou com a colaboração de seus antecessores.

Segundo Andorfato, a ideia já era pensada pelo ex-prefeito Oscar Luís Ribeiro Gurjão Cotrim (1977-1982). “O jornal ‘Tribuna da Noroeste’, do jornalista Jeremias Alves Pereira, já falava da necessidade de tirar os trilhos”, contou Andorfato. Ele conta que, assim que assumiu o Executivo, tomou como compromisso a retirada dos trilhos e a construção da avenida. 

CONVÊNIOS
Andorfato disse que foram feitos vários convênios para retirada dos trilhos, desde a gestão Cotrim, mas nenhum deu certo. Segundo ele, a retirada efetiva só começou a partir de 1993, com recursos conquistados em Brasília e São Paulo, com a ajuda do então governador Luiz Antônio Fleury Filho e do deputado federal à época Jorge Maluly Neto. 

“Foi uma obra que durou quatro anos. Não houve resistência. O povo aplaudia e ia todo dia ver as máquinas retirarem os trilhos”, relembra Andorfato. Ele relatou que não permitiu a destruição de prédios históricos, mantendo e restaurando esses imóveis. A única coisa que não deu para fazer foi demolir a antiga estação. “Aquilo não tem nada de histórico. Não serve para nada. Melhoraria o trânsito, mas quatro anos é pouco e não deu para fazer”, falou Andorfato. 

Para o ex-prefeito, a obra foi responsável para a cidade crescer como um todo. “A cidade se abriu, ganhou novo visual. A cidade era dividida entre quem morava do ‘lado de lá’ e os que viviam do ‘lado de cá’. A cidade não crescia do ‘lado de lá’ e os moradores sofriam discriminação. Hoje, tem vários conjuntos ali, como o Habiana 1 e 2”, comentou Andorfato.

GERMÍNIA
O convênio entre a Prefeitura de Araçatuba e a Rede Ferroviária Federal, para a retirada dos trilhos da linha férrea da área urbana de Araçatuba, foi firmado em 12 de setembro de 1989, durante o governo da ex-prefeita Germínia Venturolli (1989-1992 e 1997-2000). A solenidade foi realizada no Paço Municipal e contou com fanfarra e queima de fogos de artifício. 

Assistiram à assinatura do acordo cerca de cinco mil pessoas. A Prefeitura dispensou os funcionários às 14h para acompanharem a cerimônia e sugeriu ao comércio que fizesse o mesmo. 

VEJA AQUI OUTRAS REPORTAGENS SOBRE A SÉRIE
'EX-PREFEITOS DE ARAÇATUBA E SUAS MARCAS'
LINK CURTO: http://folha.fr/1.360118