Local que deveria ser utilizado para lazer está sem manutenção, com lixo e bancos quebrados

Aposentada reclama de praça abandonada no Hilda Mandarino

Há dez anos, a aposentada Hermínia Ribeiro, 72, mora em frente a uma praça no bairro Hilda Mandarino, onde fica localizada a caixa d’água da Samar (Soluções Ambientais Araçatuba), e sempre teve satisfação por isso. “Morar perto de uma praça é muito gostoso porque temos onde nos distrair. Mas, nos últimos meses, o local não tem mais condições de ser aproveitado. Está abandonado”, contou.

Ela reclama, principalmente, do mato alto, que facilita o esconderijo de animais peçonhentos, como aranhas e escorpiões. “Já encontrei escorpião em casa.”

Além do matagal, a praça possui bancos e parquinho quebrados e bebedouro desativado. “Antigamente, o proprietário de um trailer de lanche cuidava da praça. Era quando tinha movimento, mas agora só se vê mato alto.”

Segundo Hermínia, apenas o espaço onde está instalada a caixa d’água que abastece o bairro Hilda Mandarino está limpo. “Deve ser porque não é a Prefeitura que faz esse serviço. Nas eleições, prometem tanta coisa e depois não se vê nada”, lamentou. Ela disse que não procurou a Prefeitura por não acreditar em mudanças, mas chegou a ligar para um vereador, que não retornou a ligação.

OUTRO LADO
A reportagem enviou e-mail à assessoria de imprensa da Prefeitura para saber que medida será tomada na praça. No entanto, não recebeu resposta.

PARTICIPE DO DISQUE-FOLHA
Defenda seus direitos e sua cidade. Ligue para a Redação: (18) 3636-7774, envie e-mail para disquefolha@folhadaregiao.com.br ou mensagem pelo Whatsapp: (18) 99663-5314.