Fila de automóveis acompanha caixão de Luís Fernando (destaque) a caminho do Jardim da Luz

Aeronaves fazem homenagem a Luís Fernando e piloto em sepultamento

Centenas participaram de despedida; VEJA FOTOS

O sepultamento do empresário Luís Fernando de Arruda Ramos, 47 anos, o Luís da Lomy, e do piloto Fábio Jansem Pinho, 37, na tarde desta segunda-feira (29), no cemitério Jardim da Luz, em Araçatuba, foi marcado por homenagens feitas com três aeronaves, que passavam pelo local em voos rasantes. 

Pinho foi o primeiro a ser sepultado; vinte minutos depois, o cortejo que acompanhava o carro fúnebre que levava o corpo de Luís Fernando chegou. Viaturas da Polícia Militar Rodovia e Guarda Municipal escoltaram os veículos até o cemitério. 

SILÊNCIO
Centenas de pessoas acompanharam o sepultamento, a maioria em silêncio. Durante o dia, familiares, amigos e políticos compareceram para prestar as últimas homenagens. Entre as autoridades da região, estiveram presentes os prefeitos de Penápolis, Célio de Oliveira (PSDB), e de Braúna, Flávio Giussani (PTB), primo de Luís Fernando; além dos ex-prefeitos de Birigui Wilson Borini (DEM) e Pedro Bernabé (PSDB) e o deputado estadual Itamar Borges (PMDB).

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), adversário do empresário nas eleições municipais do ano passado, decretou luto de três dias no município. Acompanhado de secretários, ele compareceu ao velório de Luís Fernando no final da tarde, participando de cerimônia fechada da Loja Maçônica 21 de abril.  

ACIDENTE
Luís Fernando e Pinho morreram na manhã de domingo (28) quando retornavam para Araçatuba em um bimotor modelo Piper Seneca V, de prefixo PT-WPD. O empresário vinha de uma de suas fazendas em Porto Esperidião (MT) quando a aeronave, pilotada por Pinho, caiu em uma fazenda a 25 km de Coxim (MS). Ambos foram carbonizados.