Nas gravações, Dilador exigiu que Constantino colocasse seus funcionários para realizar serviços em uma avenida

Áudios de Dilador com secretário vazam em redes sociais

Prefeito afirma que não vai se manifestar

Áudios do prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), cobrando seu secretário de Obras e Serviços Públicos, Constantino Vourlis, por meio do Whatsapp, viralizaram nas redes sociais no último fim de semana. 
 
Nas gravações, o chefe do Executivo exigiu que o titular da pasta colocasse seus funcionários para realizar serviços em uma avenida, dando atenção para a iluminação pública e paisagismo. 
 
O tucano questiona como o município pode desejar sediar um evento internacional “com uma desorganização dessas”. Já o outro áudio se destaca pelos palavrões ditos pelo prefeito. 
 
Nele, Dilador falou a Constantino que estava com vergonha e que queria ir embora do evento, pois nunca tinha visto algo como aquilo: uma avenida com grama sem podar e escura. Ele ainda reclamou que o evento foi organizado por dois secretários e um assessor que não viram o problema. 
 
NENHUMA MEDIDA
A assessoria de imprensa do município informou que o prefeito não vai tomar nenhuma providência por conta do vazamento dos áudios. 
 
SERIAM 'AGENTES DUPLOS'?
Esta não é a primeira vez que conversas particulares entre integrantes da atual gestão caem na internet e nas redes sociais. Em novembro do ano passado, circularam entre os araçatubenses diálogos entre membros da Secretaria de Cultura, que criticavam pessoas que estavam se manifestando na Câmara de Araçatuba contra o reajuste do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) proposto pela Prefeitura. 
 
Isso mostra a possibilidade de existirem algumas pessoas que trabalham para o atual governo, mas agem como “agentes duplos”, divulgando esses áudios com a intenção de desgastar a atual gestão. (Ronaldo Ruiz Galdino)
ACESSE AQUI A COLUNA
'PERISCÓPIO'
LINK CURTO: http://folha.fr/1.396329