Folha da Região - Diretrizes da linha editorial da Folha da Região

Diretrizes da linha editorial da Folha da Região

José Marcos Taveira +++ --- Encaminhar Erro Imprimir


Sexta-Feira - 29/05/2015 - 17h44



Atualização: 21h16 de 16/06/2015


José Marcos Taveira/Folha da Região - 29/05/2015
               
Jornal não expõe pessoas que podem ser acusadas injustamente e depois consideradas inocentes


A Folha da Região busca preservar pessoas acusadas de um crime até que haja julgamento formal. Não expomos quem pode ser acusado injustamente e considerado inocente no futuro pela Justiça.

Assim, não são divulgados os nomes dos envolvidos, a não ser que sejam pessoas públicas. Ainda que a identificação já tenha sido feita por outros órgãos de imprensa, a Folha da Região só publicará imagem ou nome se a pessoa acusada for condenada pela Justiça ou confesse o crime.

Para orientação dos leitores, seguem mais detalhes:

POR QUE NÃO PUBLICAR NOMES?
Nomes de envolvidos em acidentes não são publicados pelo jornal, a não ser que sejam pessoas públicas. O objetivo é preservá-los, divulgando apenas o fato, que é o mais importante. Da mesma forma, nomes de envolvidos em crimes não são publicados - a não ser que confessem. O objetivo é preservar a pessoa até que seja julgada;

POR QUE CHAMAR UM ASSASSINO CONFESSO DE SUSPEITO?
Todos os envolvidos em crimes serão sempre apontados como suspeitos, mesmo tendo sido presos em flagrante. Isso inclui desde um pequeno furto até um crime hediondo. O objetivo é o de preservar a pessoa até que seja julgada;

POR QUE "SUPOSTO"?
Até que seja julgado, um possível crime será sempre "suposto", porque envolve duas versões: a da vítima e a do acusado. Um caso de tortura, por exemplo, será identificado como "suposta tortura", pois o jornal não faz juízo de valor e nem pode substituir o Poder Judiciário, a quem cabe julgar e tipificar;

POR QUE NÃO IDENTIFICAR UM ESTABELECIMENTO?
Assalto ou furto é sempre prejudicial para um estabelecimento. Assim, a divulgação do nome da loja envolvida pode causar ainda mais constrangimentos e prejuízos ao comerciante vítima de bandidos. Por isso, o jornal não identifica o local, limitando-se a divulgar o fato, o que é mais importante. O mesmo acontece quando há acidentes nestes locais, mesmo com mortes - a não ser que sejam locais públicos ou o episódio tenha grande mobilização policial e repercussão na cidade;

POR QUE NÃO MOSTRAR IMAGENS DO ROSTO DE ACUSADOS DE CRIMES?
Para evitar a exposição de acusados de crimes, que podem ser inocentados na Justiça, a Folha da Região não mostra o rosto dos envolvidos e quadricula a imagem;

POR QUE A FOLHA NÃO PUBLICA REPORTAGENS APENAS DA REGIÃO?
A Folha da Região tem por obrigação informar o cidadão que aqui reside sobre os fatos mais importantes do dia na região, no interior de São Paulo, no Brasil e no mundo.

SUICÍDIOS
A Folha da Região não publica reportagens sobre suicídios, a não ser casos envolvendo figuras públicas.



Comentários
Comente esta matéria

Atenção: os comentários são moderados. Seu e-mail e telefone não serão divulgados, mas é necessário informá-los. Opiniões agressivas e palavrões não serão publicados neste espaço. Forneça seu nome completo.

Nome completo *
CPF *
E-mail (Não será publicado) *
Cidade *
Profissão *
Telefone (Somente números) *

* Informe seu nome completo, caso contrário a opinião não será publicada.
** Por favor, não escreva textos apenas em letra maiúscula.

Máximo de 500 caracteres.
Se quiser escrever um artigo para o jornal, envie o texto para artigos@folhadaregiao.com.br





Autoriza publicação desta opinião no portal e no jornal impresso?

Sim    Não

Folha da Região Facebook Twitter Instagram Google+ TV Araçatuba no Youtube Assine a Folha da Região Classificados
Expediente Telefones Comercial Classificados Contato Opiniões
Copyright Folha da Região. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha da Região.
Rua Joaquim Fernandes, 445 - Jardim Nova Iorque - CEP 16018-280 - Araçatuba/SP - Brasil - Telefone +55(18)3636-7774