Rapaz é assassinado em Vicentinópolis

Rapaz é assassinado em Vicentinópolis

André Luiz de Oliveira Mansano, 24 anos, de Vicentinópolis, morreu na noite de quarta-feira, depois de levar três tiros na nuca e 14 facadas pelo corpo. Ele estava em um jogo de futebol na quadra municipal de esportes de Vicentinópolis, distrito de Santo Antônio do Aracanguá, quando Jessé da Silva Cruz, 20, e Joel Pereira de Souza, 21, entraram no local, armados e começaram a agredi-lo. Cruz estava armado com um revólver calibre 32 e Souza com uma faca. O crime provocou tumulto na quadra.

A vítima chegou a ser socorrida e trazida para a Santa Casa de Araçatuba, mas morreu antes de chegar ao hospital. Os agressores fugiram e só foram capturados ontem de manhã pela polícia, perto do trevo que dá acesso a Santo Antônio do Aracanguá. Depois de ouvidos em depoimento pela polícia, eles foram encaminhados para a cadeia de General Salgado.

Segundo contaram à polícia, o crime foi motivado por um desentendimento entre agressores e vítima. Mansano teria ameaçado matar Cruz e Souza durante uma discussão em um bar.





Edição impressa



- Assine a Folha
- Acesse a edição digital e anteriores (assinante)
- Experimente a edição digital por 15 dias

A Folha


- Sobre a Folha
- Diretrizes
- Expediente
- Contato
- Telefones
- Classificados

Blogs da Folha


- A Morte sem tabus
- A vitória pela educação
- Noivas
- Padre Charles

Série da Folha


- Sua cidade em discussão