Novas lentes noturnas propiciam efeito de cirurgia

Novas lentes noturnas propiciam efeito da cirurgia

No final do ano passado, a FDA (Food and Drug Administration) aprovou uma nova opção para corrigir a miopia: as lentes de contato noturnas, que devem ser usadas apenas enquanto as pessoas dormem. Com elas, o usuário está dispensado de utilizar outros recursos para corrigir a visão durante todo o dia. O produto foi apresentado aos médicos brasileiros no 26º Simpósio Internacional Moacyr Álvaro, realizado em fevereiro, em São Paulo.

De acordo com estudos realizados pela agência americana, as lentes noturnas proporcionam o mesmo efeito que a cirurgia de correção: mudam a anatomia da córnea.

O médico Fabrício Braga destaca que esse estudo vem sendo desenvolvido há bastante tempo. "A partir da ortoceratologia, ramo que estuda a córnea e o que pode ser feito para modificá-la, os especialistas lançaram essa lente" revela. "Trata-se de uma lente rígida, que as pessoas usariam durante a noite e, teoricamente, ela apertaria os olhos melhorando a miopia, que é caracterizada pela grande curvatura dos olhos", explica.

"Vale ressaltar que essa lente promove uma correção transitória, pois quando o uso é abandonado, a córnea recupera o formato anterior em algumas semanas", diz. O médico ressalta que ainda não é possível estabelecer parâmetros sobre o produto, mas acredita que a novidade não é uma boa solução para corrigir a miopia, pois seu uso é restrito.

Este novo tipo de lente não é indicado para todos os casos. Ela pode ser usada somente por pessoas com até cinco graus de miopia e um grau e meio de astigmatismo. Respeitando-se essa limitação, porém, as novas lentes são uma opção para quem não pode recorrer à cirurgia, como adolescentes ou pessoas com a córnea muito fina.

A previsão é que as novas lentes cheguem ao mercado brasileiro ainda neste semestre. O preço não foi definido, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos, elas devem custar mais que uma lente comum e menos que um procedimento cirúrgico.






Edição impressa



- Assine a Folha
- Acesse a edição digital e anteriores (assinante)
- Experimente a edição digital por 15 dias

A Folha


- Sobre
- Diretrizes
- Expediente
- Contato
- Telefones
- Classificados
- Grupo no Whatsapp

Blogs da Folha


- A Morte sem tabus
- A vitória pela educação
- Coluna Ciência