Inquérito investiga eleição de conselheiros

Inquérito investiga eleição de conselheiros tutelares

A Promotoria da Infância e da Juventude instaurou inquérito civil para averiguar eventuais irregularidades cometidas por candidatos durante a eleição dos novos membros para o Conselho Tutelar de Araçatuba, ocorrida no domingo. O inquérito vai investigar denúncias de abusos de poder econômico e de propaganda irregular de boca-de-urna.

A Promotoria também solicitou ao Comdica (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) e à Prefeitura o adiamento da posse dos candidatos eleitos por no mínimo 15 dias úteis para que a Justiça tenha tempo de começar e concluir as investigações e tomar as providências necessárias.

Os cinco candidatos mais votados foram: Edwaldo Costa (1.072 votos), Suelen Keiko Hara Takahama (865), Hamilton Calciolari (626), Michelle da Silva Alves (586) e Sergio Rapozo Calixto (538). Eles podem tomar posse como conselheiros tutelares caso não haja nenhum impedimento da Justiça.

Leia reportagem completa na edição desta terça-feira da Folha da Região.

Serviços


- Folha Imóveis
- Edição Digital (assinantes)
- Classificados
- Assine a Folha
- Grupo no Whatsapp





Edição impressa



- Assine a Folha
- Acesse a edição digital e anteriores (assinante)
- Experimente a edição digital por 15 dias

A Folha


- Sobre
- Diretrizes
- Expediente
- Contato
- Telefones
- Classificados
- Grupo no Whatsapp

Blogs da Folha


- A Morte sem tabus
- A vitória pela educação
- Coluna Ciência