Frutas e flores: Cagaita: fruta exótica do cerrado

Frutas e flores: Cagaita: fruta exótica do cerrado

A cagaita, ou cagaitera, como é popularmente chamada, é uma fruta nativa brasileira, originária do Cerrado. Sua árvore é de porte médio, de três a quatro metros de altura, com ramos tortuosos, tem tronco enrugado e folhas que lembram as da goiabeira.

A fruta é globosa e achatado, de dois a três centímetros de diâmetro, de coloração amarelo-pálida, com uma a três sementes brancas envoltas em polpa de coloração creme, de sabor acidulado.

A cagaita serve para fazer geléia, suco e sorvete. Tanto o nome popular como o científico são bem sugestivos: Eugenia Dysenterica ou, simplesmente, cagaita.

É que dependendo da quantidade e da situação, a fruta causa diarréia, pois acelera o funcionamento do intestino e, geralmente, se consumida em excesso gera sensação de embriaguez.

Apesar dos poucos estudos sobre ela, há uma certeza: a mesma árvore que pode causar dor de barriga traz a solução para o problema em forma de chá.

A medicina popular utiliza tanto a casca da árvore quanto a folha pra curar a diarréia.

A cagaiteira é parente da goiaba, e se se espremer uma folha dela, ela solta um perfume característico do eucalipto. Ela também é da família da pitanga, do araçá e da uvaia.






Edição impressa



- Assine a Folha
- Acesse a edição digital e anteriores (assinante)
- Experimente a edição digital por 15 dias

A Folha


- Sobre
- Diretrizes
- Expediente
- Contato
- Telefones
- Classificados
- Grupo no Whatsapp

Blogs da Folha


- A Morte sem tabus
- A vitória pela educação
- Coluna Ciência